quinta-feira, janeiro 17, 2008

Barco



Foto:Wind

3 comentários:

rouxinol de Bernardim disse...

A plenitude!

Joaquim Amândio Santos disse...

o que é o conhecimento?

visão directa do corpo e da atitude?
prolongado caminho nem que condutor à saturação encapotada?

Vivência superficial feita de fait-divers e não de curiosa partilha sem hora nem condicionalismos marcados?

Será assim tão impossível iniciar o conhecimento na distância? julgo que não e defendo tal desiderato.


EIS A MINHA HOMENAGEM AOS BLOGGERS, ESSES INCANSÁVEIS CRIADORES DE LAÇOS!

Pepe Luigi disse...

Esplêndido enquadramento que nos enche a alma.