quarta-feira, abril 05, 2006

Florbela Espanca

2 comentários:

Isabel-F. disse...

misteriosa...triste...

gosto dos poemas dela...embora sejam sempre de uma tristeza mórbida...

beijinho para ti

T. disse...

gosto. gosto muito.

passo para deixar votos de Páscoa doce, dulcíssima.

;-)**